PESQUISA 

Artigo

O argelino Brahimi, autor do golo da vitória do FC Porto frente ao Nacional (2-1), na Choupana, marcou nas três últimas deslocações dos dragões: fez o segundo golo nas vitórias face ao Nacional e ao U. Madeira e o único no sucesso contra o Tondela em Aveiro. O último portista a marcar golos em três saídas seguidas na Liga tinha sido Jackson Martínez, que esteve entre os goleadores nas vitórias nos terrenos de Académica (3-0), Gil Vicente (5-1) e Penafiel (3-1), entre Dezembro do ano passado e Janeiro deste ano.   A vitória do FC Porto foi a segunda dos dragões na Madeira esta época, depois de já ali terem ganho ao U. Madeira (4-0). Após ter quebrado nesse jogo a maldição da Madeira, onde não ganhava desde Maio de 2013, o FC Porto voltou agora a imitar essa época, ganhando duas vezes na ilha: nessa altura também tinha ganho por duas vezes na Choupana, ainda que ambas ao Nacional: 3-1 para a Liga e 3-0 para a Taça de Portugal.   - Este jogo significou ainda a primeira derrota caseira do Nacional em quase um ano. A equipa de Manuel Machado não perdia em casa desde 21 de Dezembro de 2014, quando ali foi batida pelo Sporting (1-0, para a Liga). Passou desde então 17 jogos sem perder, com onze vitórias e seis empates.   - Foi a quinta vitória seguida do FC Porto na Liga, desde o empate a zero com o Sp. Braga. A equipa portista consegue a melhor série de vitórias na competição desde Fevereiro e Março, quando alinhou sete sucessos consecutivos entre a derrota com o Marítimo e o empate com o Nacional, ambos no Funchal.   - O FC Porto celebrou ainda a terceira vitória seguida em jogos fora na Liga, depois de se ter imposto a Tondela (1-0) e U. Madeira (4-0), e a 14ª deslocação seguida sem derrotas na competição, pela qual já não perde como visitante desde que foi batida pelo Marítimo, nos Barreiros, a 25 de Janeiro (1-0). No primeiro caso, a equipa de Julen Lopetegui iguala a série de Fevereiro e Março, quando ganhou sucessivamente a Moreirense (2-0), Boavista (2-0) e Sp. Braga (1-0). No segundo vai ainda longe dos 27 jogos seguidos sem perder como visitante obtidos entre uma derrota por 3-1 contra o Gil Vicente em Janeiro de 2012 e outra por 1-0 com a Académica em Novembro de 2013.   - Os 33 pontos que o FC Porto soma ao fim destas 13 jornadas são o melhor registo da equipa azul e branca desde 2012/13, quando chegou à mesma ronda com 35 pontos, fruto de onze vitórias e dois empates. Lopetegui conseguiu mais cinco pontos que na sua primeira época em Portugal.   - No seu 50º jogo com a camisola portista, Marcano voltou a fazer um golo na sequência de um canto, tal como contra o Belenenses. Foi também o segundo golo de canto do FC Porto nesta Liga – fez mais um, na Champions, por Maicon, ao Chelsea. O espanhol não fazia pelo menos dois golos num mesmo campeonato desde 2011/12, quando marcou quatro na Liga grega pelo Olympiakos.   - O golo de Marcano, aos 6 minutos de jogo, foi ainda o mais madrugador do FC Porto esta época, a par do marcado por Aboubakar ao Estoril, na terceira jornada, num jogo que os dragões acabaram por vencer por 2-0.   - Willyan marcou pelo segundo jogo consecutivo na Choupana, depois de já ter estado entre os goleadores na vitória do Nacional contra o Marítimo. Este foi, porém, o primeiro golo de cabeça que marcou com a camisola do Nacional.
2015-12-15
LER MAIS