Perguntas & Respostas

AT: Qual foi o jogo da sua vida?

Domingos: Foi um FC Porto-Dinamo Bucareste, no Estádio das Antas, para a Taça dos Campeões Europeus, em Novembro de 1990. Ganhámos por 4-0, eu fiz um golo e é o jogo que assinala o início da minha afirmação como jogador. Além disso, foi o princípio da dupla que formei com o Kostadinov.

AT: E o colega mais talentoso com quem jogou?

Domingos: O Madjer. Fazia coisas que ainda hoje não vejo fazer a ninguém. Era um jogador completo.

AT: Por fim, qual foi o adversário mais complicado que apanhou pela frente?

Domingos: Era o Baresi, porque era inteligente na forma como resolvia todas as situações. Coordenava a defesa como ninguém e ainda saía a jogar. Quando o defrontava, preocupava-me mais eu com ele do que ele comigo. Ahahahah!