Artigo 

2016-06-21
Hungria apurada com 1-0 do Alemanha-Irlanda do Norte

Os resultados do Grupo C levaram à classificação da Irlanda do Norte em terceiro lugar, atrás de Alemanha e Polónia, com três pontos e uma diferença de golos neutra (2-2). Neste momento, além de alemães e polacos, porém, mais duas equipas puderam desde já festejar a qualificação para os oitavos de final: a Eslováquia, terceira do Grupo B, com quatro pontos, e a Hungria, que amanhã vai defrontar Portugal e que, mesmo perdendo, sabe que nunca será pior do que terceira colocada do Grupo F. Ora isso, aliado aos quatro pontos que já tem, garante-lhe um lugar nos 16 melhores deste Europeu.

Os húngaros não quererão perder o jogo, porque se perderem e a Islândia ganhar à Áustria serão mesmo terceiros e ainda há o risco de terem de enfrentar a Espanha – se esta ganhar mesmo o seu grupo, daqui a pouco – já nos oitavos-de-final. Ora esse raciocínio também vale para Portugal, que se empatar marcando pelo menos um golo e não vir mais do que um cartão amarelo no jogo com os húngaros também garante a qualificação: seria sempre terceiro, na pior das hipóteses com o mesmo 2-2 em golos que têm os irlandeses e veria o fair-play desempatar a seu favor. Só que se Portugal passar em terceiro lugar corre mesmo o risco de ter de enfrentar a Espanha já no sábado em Lens. Em contrapartida já se sabe que se torna impossível que venha a ter de enfrentar a Alemanha no domingo em Lille. Isso só aconteceria em cenários nos quais o terceiro do Grupo A (Albânia, com três pontos e diferença de golos negativa) se qualificasse, não estando o terceiro do Grupo B (Eslováquia, com quatro pontos) ou o terceiro do Grupo C (Irlanda do Norte, com três pontos e diferença de golos neutra).

É que a UEFA desenhou um esquema complicado para assegurar que as equipas não defrontam adversários do mesmo grupo antes das meias-finais e, ainda que só mesmo quando se souber quem são os quatro melhores terceiros classificados se possa definir os emparelhamentos finais, há hipóteses que já estão afastadas. Assim, se Portugal empatar mesmo e acabar em terceiro do grupo (até pode empatar e ser segundo, se o fizer com mais um golo do que os registados no Áustria-Islândia), já sabe que jogará com o vencedor do Grupo D (Espanha ou Croácia, neste momento), no sábado. Para isso acontecer, os melhores terceiros teriam de ser os dos grupos C, A, B e F; B, C, D e F; B, C, E e F e B, D, E e F. Outras três hipóteses já são impossíveis de realizar. Daqui a umas horas, assim que se souber quantos pontos fará o terceiro do Grupo D se verá se esta hipótese continua em cima da mesa.